Topo

Festuris: como tudo começou

Festuris: como tudo começou

Marcos, Marta e Eduardo no comando da Mega Edição de novembro

 

A maior feira de turismo do Sul do País, o Festuris, realizada anualmente na Serra Gaúcha, chega em novembro à sua 30 ª edição, que será marcada por muita emoção e muito profissionalismo. Uma mega edição.

A feira que é o maior sucesso no meio turístico internacional, ganhou tamanha projeção graças ao empenho de suas idealizadoras, Silvia Zorzanello  (* in memoriam) e Marta Rossi. Trabalho, garra e dedicação seguidos até hoje por seus diretores atuais – Marta, seu filho Marcos Rossi e Eduardo Zorzanello, filho de Sílvia .

Executivos que ao longo dos anos não medem esforços para captar novos participantes, expandido pelo mundo o nome do Festuris e da Serra Gaúcha.

Para quem não conhece esse trabalho de formiguinha que chega a três décadas, segue um breve resumo de como tudo começou, ali, no Hotel Serrano, na graciosa Gramado, onde essas duas mulheres invejáveis trabalhavam incessantemente mas desde então com a mente voltada para novos horizontes.

Para tal fomos ouvir o jornalista Flávio Prestes, assessor do Zorzanello Feiras e Empreendimentos.  ” PR: “Por favor Flávio,  nos relembre esses 30 anos de história.

 

 

” Era 1988 e o Centro de Convenções do Hotel Serrano em Gramado estava em fase de conclusão. Marta Rossi, então gerente de Marketing, ao lado de Silvia Zorzanello (in memoriam), gerente geral do hotel, observaram uma oportunidade de mercado que despontava na cidade e na região: um projeto estratégico na área de Turismo e Eventos. A sociedade foi concretizada e, em 01 de abril de 1988, nascia a empresa Marta Rossi e Silvia Zorzanello Feiras e Empreendimentos”.

 

O Salão de Turismo

A parceria atendia uma necessidade constatada na época: a inexistência de uma empresa organizadora de eventos na cidade, diante da grande demanda do turismo de negócios. Visionárias, Marta e Silvia logo perceberam outra lacuna que havia no mercado. E, assim, criaram e organizaram em Gramado um pequeno Salão de Turismo para operadoras e agentes de viagens.

 

 

Gramado no contexto

 

” Considerando que as decisões nacionais sobre a atividade turística passavam longe do Rio Grande do Sul, as empresárias usaram a grife Gramado e foram aglutinando pequenas, médias e grandes empresas do setor turístico em torno do Festival”. Sucesso desde o início. Todos os participantes eram só elogios. Voltavam super satisfeitos com os negócios realizados na Serra Gaúcha, a receptividade da feira e  claro, com a cidade conhecida pelo “pedaço mais europeu do Brasil”.

 

Lugar apaixonante à primeira vista por conta da limpeza, arquitetura europeia, as flores por todos os lados, restaurantes onde se pratica o melhor das culinárias alemãs e italina e atrações no inverno e no verão.

 

Projeção internacional:

em 2017, 10 mil participantes

 

O evento, que inicialmente nasceu com o propósito de apresentar o produto turístico gaúcho para o Brasil, fomentando os negócios do setor, transformou-se em um dos maiores eventos de negócios do turismo da América Latina. Logo o Festival alcançou o Brasil, o Mercosul, a América Central e do Norte e expandiu seus horizontes em direção à Europa e Oriente Médio. Logo tornou-se o evento do setor que mais gera resultados e negócios para o trade turístico. Na última edição, foram cerca de 10 mil participantes.

 

O nome mudou para FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo e a plataforma é apontada atualmente como o grande balcão de negócios para a temporada de verão no mercado interno e para promover a baixa temporada no mercado externo. O evento também contribuiu sensivelmente para um novo despertar do Turismo no Rio Grande do Sul. As entidades que estavam enfraquecidas pela inércia em que vivia o estado na época, tomaram forma e representatividade.

O Rio Grande do Sul, a partir do FESTURIS, reagiu e começou a mostrar novamente a sua força e suas potencialidades. Em 2018 o FESTURIS terá a sua 30ª edição, de 08 a 11 de novembro.

 

A empresa e os eventos

Sempre procurando fomentar negócios turísticos em nível nacional e internacional, sem perder o foco para o benefício regional, a empresa Rossi & Zorzanello já organizou mais de mil eventos em três décadas. A empresa completou 30 anos em 2018. Destaque também para projetos próprios que ganharam destaque e projeção nacional como o Chocofest, o Acorde Musical e mais recentemente a Gramado Summit. Fiel à missão de viabilizar e realizar eventos e negócios para pessoas físicas e jurídicas no Brasil e no mundo, de forma diferenciada e excelente, com credibilidade e garantia de sucesso, a empresa prospecta e executa eventos diversos, tais como congressos, seminários, feiras empresariais, lançamentos de produtos e inaugurações.

Com três décadas de atuação, a empresa é hoje exemplo de empreendedorismo, sendo reconhecida nacional e internacionalmente e apontada por profissionais do setor como grande incentivadora do desenvolvimento do turismo, da geração de negócios, empregos e renda. Tanto para a região, como para o país.

 

Para Marta Rossi, CEO da empresa, o segredo do crescimento sólido e ordenado é saber escutar e implementar as demandas e sugestões viáveis da equipe e dos clientes. Aliás, é marca da empresa investir em sua equipe de profissionais. Além de cursos de qualificação, proporciona excelente ambiente de trabalho e oportunidade de crescimento profissional através de cursos e viagens de campo à sua equipe. As demandas dos colaboradores são priorizadas e atendidas dentro de um cronograma estabelecidas pela direção.

” Com os clientes, a relação não é diferente. Toda sugestão de aprimoramento é registrada e avaliada, para então ser implementada. A empresa tem como filosofia oferecer o seu melhor para que os clientes sempre saiam não apenas satisfeitos com o resultado final do evento, mas encantados com o atendimento da equipe. Ao longo dos últimos 30 anos a Rossi & Zorzanello recebeu dezenas de prêmios e indicações nacionais e internacionais pelos serviços prestados na área de Turismo e Eventos”, reforça Flávio.

 

Sílvia presente

Em 2009 a Rossi & Zorzanello sofreu uma grande perda: após a luta contra um câncer, uma das fundadoras, Silvia Zorzanello faleceu. Com a descoberta da doença os filhos de Marta: Marcus Rossi e de Silvia: Eduardo Zorzanello, começaram a participar da empresa e o processo de sucessão, que segue atualmente, foi iniciado. Hoje, Marcus e Eduardo comandam a R&Z e seus projetos junto com Marta Rossi.

Projetos próprios em andamento:

FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo (www.festurisgramado.com)

Chocofest (www.chocofest.com.br)
Gramado Summit (www.gramadosummit.com)

 

Eliane Barbosa
Sem comentários

Escreva seu comentário